segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Em entrevista, o Presidente do Sintegre, fala sobre o perfil atual do servidor público



Bom dia, Pessoal!

Dando continuidade à série de entrevistas, o Blog traz mais um representante de um segmento - sindicato do servidor público. O Presidente do Sintegre, Rinaldo, fala sobre o movimento sindical neste município e sobre o perfil atual do servidor público.

Segue a Entrevista:




 * Fale sobre o SINTEGRE?
 O SINTEGRE é o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Monte Alegre _ Se. Foi fundado no dia 05 de agosto de 2005. Foram muitas as dificuldades, além de que os servidores, na sua maioria, não tinham ideia do real papel do sindicato e isso dificultou muito. Mas, conseguimos na reunião de fundação 73 filiados. Isso foi o suficiente para formarmos uma diretoria provisória e em 2006, conseguimos a filiação a CUT. Através do companheiro Edmilson Balbino, atual Presidente da “FETAM – SE”, FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES MUNICIPAIS DE SERGIPE, a CUT nos ofereceu um curso de formação de dirigente sindical, que foi o suficiente para ingressarmos numa luta em busca dos direitos, através de reivindicações de um plano de cargos e carreira. 

 * Você está à frente do Sindicato há quanto tempo? 
• Desde 2005. Naquele ano fiz parte da provisória como Presidente; 
• Em 2008, justamente no dia 05 DE AGOSTO, foi realizada a primeira Eleição da diretoria Efetiva. Esperava que estivesse alguma chapa para competir, mas não houve. Sendo assim, fui eleito para mais uma gestão;
• Agora, em 2011, para surpresa minha, disputei a eleição como candidato único. Dessa forma, permaneço como Diretor Presidente, mas houve uma mudança nos demais membros da direção, prezando o cumprimento cabal do Estatuto Social da Entidade.

 * Quantos servidores são filiados ao SINTEGRE atualmente? 
 Atualmente temos 215 Servidores filiados.  

 * Sabemos que, mesmo antes da criação do SINDICATO, a administração municipal já havia reconhecido alguns direitos do servidor. Como você vê a administração atual em relação às anteriores?
 É verdade que a administração em 2005, reconheceu alguns direitos a Exemplo de: O terço das férias, 1/3 (33.33%) do salario base da época, tendo em vista que as administrações passadas apenas davam o gozo das Férias, mas não repassavam o terço, vale ressaltar que ainda havia acepção de pessoas. Além disso, as administrações passadas se omitiram de passar o 13º Salario para o servidor, ou seja, o servidor não tinha direito ao direito.

 * Como tem sido a relação entre o Sindicato e o Poder Executivo? 
 A relação entre o sindicato e o poder executivo na minha visão tem sido relativa - não muito boa, mas também não é ruim. Sempre que há necessidade de reunirmos, o administrador tem nos recebido, mesmo que não cheguemos a um denominador comum, mas não há nenhum litigio a ponto de desentendimento.   Há sempre uma divergência entre sindicato e administração, entre funcionário e patrão e isso está sempre dentro da normalidade. 

 * Quais as principais conquistas que os servidores conseguiram através do SINDICATO?
 Em 2005, ano da fundação do SINTEGRE, no mês de outubro houve a primeira reunião com o gestor. Na oportunidade negociamos uma diferença salarial: o salario mínimo em 2004 era de R$ 260.00. Em abril de 2005 o Governo Federal reajustou para R$ 300,00, mas o executivo continuou pagando o anterior R$ 260,00. Dessa forma, cada servidor perdia mensalmente R$ 40,00. Então, de maio à Setembro cada servidor teve uma perda R$200,00. Sentamos com o Prefeito e conseguimos negociar para 10 parcelas mensais de R$ 20,00, que foi adicionado ao salário.

Em 2006, o salario mínimo foi atualizado para R$ 350,00 em março, no entanto, o prefeito atendeu a perspectiva na data correta - abril de 2006 e ninguém saiu prejudicado. 

Em 2007, O salario foi para R$ 380,00, mas o gestor ficou 2 meses (abril e maio) sem repassar o reajuste. Outra vez, o Sindicato entrou em negociação e conseguiu os retroativos, os quais foram adicionados ao pagamento do mês de Junho, ou seja, cada servidor percebeu R$ 160,00 de retroativos. 

Em 2008, através de muitas reivindicações, manifestos e ato publico conseguimos a vitória mais desejada dos servidores, a aprovação do PCC Plano de cargos e Carreira dos Servidores, que muito valorizou a categoria. 


 * Conforme o blog já publicou, "CIDADÃO é todo aquele que participa, colabora e argumenta sobre as bases do direito, ou seja, é um agente atuante que exerce seus direitos e deveres. Ser cidadão implica em não se deixar oprimir nem subjugar, mas enfrentar o desafio para defender e implementar seus direitos". Nesse contexto, perguntamos:

- O servidor público tem evoluído como cidadão? (Sim ou não?)

Evoluiu sim... Em Fevereiro de 2008, realizamos um encontro de sindicatos. Na ocasião, reunimo-nos no clube. O encontro foi marcado pela a presença maciça dos servidores dos seguintes Municípios: Monte Alegre, Canindé de São Francisco, Nossa Senhora da Gloria e Porto da Folha. 

A evolução se tornou inevitável, as ideias defendidas e os debates que houve após as palestras feitas por diretores da CUT e representantes da OAB foram  suficientes para esclarecer os servidores, principalmente aqueles que temiam ser perseguidos ao ir reivindicar os seus direitos, tomar decisões e lutar por seus ideais, exercendo a sua cidadania.  

- Como você analisa o perfil do servidor - antes e depois da criação do sindicato? 

O servidor está mais consciente dos seus direitos e deveres. No inicio os Servidores temiam muito. Nos plantões do advogado do sindicato muitos pediam pra eu falar com o advogado, por que não sabiam como se conduzir, mas hoje todos os servidores já conhecem os advogados que fazem assessoria jurídica do sindicato e quando se sentem lesados, falam abertamente de livre e espontânea vontade,  não pensam duas vezes. 

- Como tem sido a participação nas reuniões ordinárias e extraordinárias do sindicato?

Afirmo que tem sido o melhor possível, tendo em vista ter visitado vários sindicatos em reuniões tanto extraordinária, como ordinárias e vejo que em Monte Alegre com relação ao número de filiados que temos a participação tem sido ótima tanto na presença, como nos debates e discussões. 

- A participação em manifestações e atos públicos é satisfatória?

Nas manifestações e atos públicos são poucos os que vão às ruas para mostrar as insatisfações, mais é interessante que os poucos que vão aos manifestos participam ativamente.


 * Estamos nos aproximando das Eleições Municipais, que é um dos mais plenos exercícios da cidadania. Nesse sentido:


- Fala-se que o Plano de Carreira é uma ameaça ao equilíbrio das contas públicas no futuro. Sendo assim, acreditamos que alguns dos candidatos pretendem, caso se elejam, modificar a estrutura do plano. O que você acha disso?

Discordo que o plano de carreira seja uma ameaça ao equilíbrio das contas publicas, quando discutimos o plano de carreira com administração antes da aprovação do mesmo, o próprio gestor descobriu que houve na realidade uma adequação, aquilo que era gratificação tornou-se salario, uma vez que entendemos que gratificação é enganação e não beneficia para a aposentadoria no futuro.

Quanto ao futuro gestor seja ele quem for querer mudar a estrutura do plano acredito isto é inaceitável uma vez que os direitos inseridos no plano foram adquiridos por lei. 


* Qual o perfil ideal para o candidato que pretende ser prefeito dessa cidade?

O perfil de um bom prefeito é pautado pelo seu comportamento social, político, humano e familiar não por aquilo que ele diz de si mesmo. Um candidato ideal é aquele, que não olha apenas para seu umbigo, preocupa-se primeiro com seu povo, com sua cidade e de que maneira ele pode ser útil para sua comunidade. O bom candidato soma e multiplica, não divide nem subtrai. É importante que ele tenha uma experiência de trabalho para provar sua competência em administrar órgão publico. O candidato a prefeito dever respeitar a população e valorizar os funcionários, não ser dado a violência nem perseguidor, pois uma vez que exerce o cargo de governante, não é governo apenas do grupo que o elegeu e sim de todos os munícipes.  

O próximo prefeito dessa cidade precisa ter o compromisso firmado com os funcionários, de pagamentos em dias, com as vantagens já no plano de carreira preservando os avanços, tanto horizontal, como vertical. 

Pensando nisso o SINTEGRE esta estudando e elaborando junto com assessoria jurídica uma carta compromisso que vai ser direcionada a todos os candidatos a prefeito do nosso município, a qual o candidato vai ter a oportunidade de analisar item por item, e responder quais ele se compromete a cumprir com os servidores, assinar, e de publico estaremos divulgando para todos os munícipes.   




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, meu nobre visitante!

Sinta-se à vontade para opinar, sugerir, criticar as postagens aqui publicadas. Esse é um espaço para debatermos Cidadania e Conscientização Política. Quero, porém, alertar que, apesar de zelarmos pela liberdade de expressão, não publicaremos comentários ofensivos.

Obrigado pelo seu comentário!