quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O PT tomou a atitude correta?


Geraldo fala sobre a decisão tomada pelo PT, esclarece a saída do Grupo e comenta os últimos acontecimentos políticos.

Certo dia alguém falou-me: "O PT SAIU DO GRUPO. PULOU PARA O LADO DA OPOSIÇÃO. ELE QUER PREJUDICAR O GRUPO DA SITUAÇÃO". Claro que a pessoa que falou isso estava muito desinformada. Em nenhum momento o PT intentou prejudicar A ou B. Todo o processo da formação de um novo grupo foi feito de forma transparente conforme você verá abaixo. 


ARAGÃO PROGRAMA REUNIÃO EM GARARU

No mês de novembro/2011, o ilustre Prefeito Aragão convidou os pré-candidatos do seu grupo para uma reunião no Município de Gararu-SE. A reunião teria como foco discutir o pleito de 2012, no que se refere à  escolha de dois nomes, entre os pré-candidatos, que viesse a ser os candidato oficiais a Prefeito e Vice-Prefeito da situação.

O CONVITE AO PT

Eu, Geraldo, fui gentilmente (e informalmente) convidado para participar da referida reunião, que seria realizada no dia 06 de novembro de 2011. Como um filiado do Partido dos Trabalhadores, levei ao conhecimento do Diretório para que o mesmo se manifestasse sobre o convite.

POR QUE O PT NÃO ACEITOU O CONVITE?

Antes de responder à questão, preciso deixar bem claro uma coisa: o presidente ou um filiado do PT de Monte Alegre não pode tomar uma decisão isolada. Talvez esse seja o grande diferencial do nosso partido em relação aos demais: todas as decisões passam pelo crivo da diretoria e daqueles que são militantes, sempre presentes nas assembléias. O diretório ouve os seus filiados, respeita e acata as decisões tomadas em assembléia. Não temos um quadro de filiados apenas figurativo, que assina atas de "reuniões fictícias". Não! O filiado tem "voz e vez".

Isto posto, vamos expor os fatos em ordem cronológica:

1) No dia 12 de maio de 2011,  em reunião ordinária,  o PT local formulou sua posição para o pleito de  2012 - decidiu que o partido lançaria um candidato majoritário. Por conseguinte, o Prefeito Aragão foi convidado para uma reunião e no dia 18 de junho ficou ciente da decisão tomada pelos filiados do PT. Naquela ocasião  deu o seu parecer, fez críticas e até descreveu o perfil do seu substituto. 

Três meses se passaram e não houve nenhuma manifestação de apoio por parte da administração atual. Nesse ínterim a hipótese de uma terceira via nas eleições municipais começou a ser ventilada. Observou-se a necessidade de se buscar uma nova opção que quebrasse o quadro já polarizado entre os dois grupos existentes. Na reunião do dia 27 de  setembro de 2011, através da resolução nº 01/2011, item II, o PT aprovou a  seguinte deliberação: “... Quaisquer  filiados do PT estão autorizados,  desde já, a se apresentarem como pré-candidatos  a prefeito ou a Câmara Municipal...”. Naquela ocasião, sete filiados colocaram seus nomes para apreciação (atualmente está reduzido para três interessados).

 2) No início do mês de novembro eu recebi o convite informal para participar da reunião de Gararu. Observe que o convite de Aragão (reunião de Gararu) aconteceu muito tempo depois das reuniões decisivas do PT (12/05/2011 e 27/09/2011). Então analise: Havia uma incoerência no atendimento desse convite. O grupo de Aragão  iria decidir sobre o lançamento de uma candidatura, no entanto, o PT, junto com seus filiados já havia decidido que vai lançar  candidatura própria, ou seja, não tem mais o que se definir – não se resolve algo já resolvido. O que resta para o PT agora é definir quem será o candidato, dentre os pré-candidatos do partido. Logo, nossa participação na referida reunião já estava descartada automaticamente.


O PT PULOU PARA O GRUPO DA OPOSIÇÃO?

Não. Nós não fomos para o lado da oposição. O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, reunido em 02 de novembro de 2011, discutiu e aprovou a segunda resolução, oficializando a saída do PT do grupo político liderado pelo Prefeito para construir um GRUPO INDEPENDENTE, abrindo o diálogo com os partidos que fazem parte da base aliada dos governos Federal e Estadual, desde que estejam alinhados ao projeto para Monte Alegre de Sergipe, que vem sendo construído pelo PT em conjunto com os movimentos e organizações sociais.

A NOTA

Sendo assim, o Partido dos trabalhadores enviou um ofício ao partido do Prefeito e uma nota à imprensa, que foi publicada no site Sou de Monte Alegre.

A REAÇÃO

Sentimos que o grupo de Aragão não entendeu bem a nossa decisão e fomos até mal interpretados por alguns. Mas, uma coisa é certa: o Partido agiu com transparência. Ninguém fez nada às escondidas. Tanto a reunião com os filiados, que decidiu pelo lançamento de candidato majoritário, como a notificação ao PMDB (e, consequentemente, ao Prefeito) e à população sobre a saída do grupo foram efetuadas publicamente.

Recentemente lemos a matéria "Zé de Dé Declara apoio a Nena de Luciano", publicada no site Sou de Monte Alegre. O fato causou revolta em boa parte do Município. Ninguém esperava por algo assim. Farei apenas algumas observações, baseadas naquilo que lemos e ouvimos, quer seja nas conversas no dia-a-dia, já há algum tempo, ou nos meios de comunicação. Veja: 
1) Num primeiro momento, parecia que a indicação da chapa seria baseada em pesquisas de opinião;
2) Na Reunião de Gararu, o Prefeito Aragão acordou com os quatro pré-candidatos que ELES MESMOS deveriam chegar à um acordo. 
3) Recentemente, segundo o site Sou de Monte Alegre, dois pré-candidatos se anteciparam e anunciaram uma composição sem o conhecimento de, pelo menos, um deles e, aparentemente, sem a ciência do Prefeito.

Confuso, não!? Não sei os bastidores dessa confusão, pois não estava envolvido nesse processo de escolha, mas já não se sabe quais os critérios estão usando: pesquisa, concenso, conspiração...!?

Temos ouvido, ultimamente, de ambos os lados polarizados (de um lado OSMAR/TONHÃO; do outro, GRUPO DE ARAGÃO) o tema UNIÃO. Fala-se: "Temos que dar as mãos", "Temos que nos unir pra vencer", "Não podemos rachar o Grupo", "Não podemos ser egoístas", blá-blá-blá. Mas, a realidade está mostrando a ENORME distância entre o DISCURSO e a AÇÃO.

Quais os verdadeiros interesses e motivações dos pré-candidatos? 

Nisso tudo, eu fico feliz e tranquilo pela atitude ética e transparente do PT. O título da matéria é uma pergunta e eu termino afirmando: SIM, O PT FEZ A COISA CERTA!


 FIQUE POR DENTRO...

Os links abaixo correspondem às matérias relacionadas com o texto acima. Confira:

Sobre "A REUNIÃO DE GARARU" - Clique AQUI
Link: http://www.soudemontealegre.com.br/?p=2178

Sobre "RESOLUÇÃO 02/2011" - PT anuncia saída do Grupo - Clique AQUI
Link: http://www.soudemontealegre.com.br/?p=2142

Sobre APOIO DE ZÉ DE DÉ A NENA - Clique AQUI

3 comentários:

  1. Belo esclarecimento Geraldo, com relação aos últimos acontecimentos políticos. Mais uma vez Geraldo mostra serenidade e a competência em analisar de forma brilhante a política do nosso Município. Parabéns Geraldo e o PT pela transparência em todas as decisões.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns GERALDO, Você mostro-se a transparência de um verdadeiro homem público seriedade, já diz sua personalidade. E você deixa transparecer a aposição do PT espero que a sociedade enxergue essa Nova opção... Que é a libertação do voto ditado parabéns

    ResponderExcluir
  3. Um texto lúcido, equilibrado e esclarecedor. Boa postagem!

    ResponderExcluir

Olá, meu nobre visitante!

Sinta-se à vontade para opinar, sugerir, criticar as postagens aqui publicadas. Esse é um espaço para debatermos Cidadania e Conscientização Política. Quero, porém, alertar que, apesar de zelarmos pela liberdade de expressão, não publicaremos comentários ofensivos.

Obrigado pelo seu comentário!