segunda-feira, 26 de março de 2012

O MUNICÍPIO DE MONTE ALEGRE DE SERGIPE QUALIFICA SEUS SERVIDORES


Após 11 anos da promulgação da Lei Complementar n. 101, Lei de Responsabilidade Fiscal, em 4 de maio de 2000, o Município de Monte Alegre de Sergipe qualifica os dois primeiros servidores do seu quadro efetivo (Antonio Geraldo dos Santos Oliveira e Odair Alves Pereira) em pós-graduação Gestão Pública: Orçamento, Execução e Responsabilidade Fiscal, com a parceria do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe(TCE/SE) e da Universidade Tiradentes (UNIT).
A solenidade de encerramento do curso aconteceu na última sexta feira, dia 23, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE).

Veja a noticia na íntegra a seguir:

Durante a manhã desta sexta-feira, 23, aconteceu no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) a solenidade de encerramento das aulas da pós-graduação em ‘Gestão Pública: Orçamento, Execução e Responsabilidade Fiscal', promovida pela Escola de Contas Conselheiro José Amado Nascimento (Ecojan) em parceria com a Universidade Tiradentes (Unit) para capacitação de servidores do TCE e de órgãos jurisdicionados.
O curso durou 14 meses e contou com uma turma de 40 servidores estaduais e municipais. Estavam presentes no auditório os formandos e seus familiares, além do conselheiro-presidente, Carlos Alberto Sobral e do reitor Jouberto Uchôa. Este é a quinta turma de Pós-graduação da Ecojan - a terceira em parceria com a Unit. Também já foram realizadas parcerias semelhantes com a Universidade Federal de Sergipe (UFS) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
“A alegria não é só de vocês que se formam hoje, mas também do Tribunal e minha pessoalmente. Sinto-me realizado ao poder proporcionar maior qualificação aos funcionários do TCE e servidores jurisdicionados. Agradeço a participação da Ecojan, da qual fui diretor, cargo hoje ocupado pelo conselheiro Ulices Andrade, e à Unit e seu corpo discente e docente. Espero fechar mais parcerias como esta”, declarou o presidente durante o evento.
Um dos alunos, o funcionário do TCE, Peterson José dos Santos, fez um pronunciamento em nome da turma agradecendo à Casa, à Unit e aos professores envolvidos com a Pós. “Venho aqui expressar minha alegria por termos alcançado a conclusão da pós-graduação. Nós nos reciclamos, agregamos conhecimento para aplicarmos no trabalho. O Dr. Carlos Alberto sempre foi um entusiasta da qualificação dos servidores e não mediu esforços para manter os seus técnicos atualizados com o que há de melhor", destacou.
O representante da turma elogiou ainda o corpo docente do curso, destacando a participação da servidora do Tribunal e professora da Unit, Patrícia Verônica, e do procurador do Ministério Público de Contas, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello.
Os alunos também foram saudados pelo conselheiro Ulices Andrade, novo diretor da Escola de Contas, e pelo reitor da Unit. "Agradeço o convite do TCE para essa parceria. Vejo no Tribunal uma grande preocupação com o crescimento dos funcionários, tenho orgulho de ser parceiro do Tribunal. Quero dizer aos estudantes que sejam fiéis ao órgão em que trabalham e sejam leais a si mesmos. Que cresçam cada vez mais para enfrentar a concorrência e fazer bem o seu trabalho", colocou Uchôa.
A programação foi encerrada com a palestra com o doutor em Direito Público e pós-doutor em Direito Constitucional, Ricardo Maurício Freire Soares, abordando a temática “Estado Democrático de Direito: Significado, Desafios e Perspectivas para o Século XXI”. Na ocasião ainda estavam presentes do procurador-geral do Ministério Público de Contas, José Sérgio Monte Alegre e o auditor Alexandre Lessa.






quinta-feira, 22 de março de 2012

DIA MUNDIAL DA ÁGUA


Hoje é o Dia Mundial da ÁGUA, e nós de Monte Alegre de Sergipe como estamos tratando a nossa água?
Segundo a ONU no ano de 2025 em cada três pessoas no mundo só uma é que vai ter acesso a água. Nós de Monte Alegre de Sergipe já podemos pressentir esta situação, é só dar um passeio pelo nosso município e ver as dificuldades das pessoas da zona rural para conseguir água, não é fácil.
Segundo a DEAGRO o nosso município tem um índice pluviométrico(chuva) anual de aproximadamente 700 mm³ que é um índice muito bom, o que se precisa é um instrumento de armazenamento de água. Sabe-se que a ASA tem construído muitas cisternas em nosso município, isso tem ajudado a população rural.
Antonio Ramos da Lagoa da Entrada informou que foram construídas aproximadamente 640 cisterna de 16.000 litros cada uma para o consumo humano e 40 cisterna de 52.000 litros para o consumo da agricultura familiar em nosso município.
Ainda existe um déficit grande de armazenamento de água, precisa-se urgentemente de políticas públicas que trate com bastante cuidado dessa demanda.
É importante refletir sobre o tratamento que estamos dando a nossa Água. Veja o que diz este texto a seguir sobre a importância da Água.
“Água é fonte da vida. Não importa quem somos, o que fazemos, onde vivemos, nós dependemos dela para viver. No entanto, por maior que seja a importância da água, as pessoas continuam poluindo os rios e suas nascentes, esquecendo o quanto ela é essencial para nossas vidas.
A água é, provavelmente o único recurso natural que tem a ver com todos os aspectos da civilização humana, desde o desenvolvimento agrícola e industrial aos valores culturais e religiosos arraigados na sociedade.
É um recurso natural essencial, seja como componente bioquímico de seres vivos, como meio de vida de várias espécies vegetais e animais, como elemento representativo de valores sociais e culturais e até como fator de produção de vários bens de consumo final e intermediário.
O planeta Terra é constituído de, aproximadamente, um bilhão e trezentos e setenta milhões (1.370.000.000) de Km³ de água, distribuídos em 2/3 de sua superfície, com esse considerável volume, o nosso planeta poderia ser chamado de Planeta Água!
Desse volume total, 96,8%, compõem as águas dos mares e oceanos: portanto são constituídos de águas salgadas, não adequadas ao consumo humano.
Segundo estatísticas, 70% do planeta é constituído de água, sendo que somente 3,2% são de água doce e, desse total, 98% está de água subterrânea. Isto quer dizer que a maior parte da água disponível e própria para consumo é mínima perto da quantidade total de água existente na nossa Terra.
Nas sociedades modernas, a busca do conforto implica necessariamente em um aumento considerável das necessidades diárias de água.
Os recursos hídricos têm profunda importância no desenvolvimento de diversas atividades econômicas. Em relação à produção agrícola, a água pode representar até 90% da composição física das plantas. A falta d'água em períodos de crescimento dos vegetais pode destruir lavouras e até ecossistemas devidamente implantados.
Na indústria, para se obter diversos produtos, as quantidades de água necessárias são muitas vezes superiores ao volume produzido.
Observando os dados abaixo, percebemos que precisamos começar a utilizar a água de forma prudente e racional, evitando o desperdício e a poluição, pois:
- Um sexto da população mundial, mais de um bilhão de pessoas, não têm acesso a água potável;
- 40% dos habitantes do planeta (2.400 milhões) não têm acesso a serviços de saneamento básico;
- Cerca de 6 mil crianças morrem diariamente devido a doenças ligadas à água insalubre e a um saneamento e higiene deficientes;
- Segundo a ONU, até 2025, se os atuais padrões de consumo se mantiverem, duas em cada três pessoas no mundo vão sofrer escassez moderada ou grave de água”.
Fonte: http://360graus.terra.com.br/ecologia/default.asp?did=22693&action=reportagem

segunda-feira, 19 de março de 2012

"SANTOS INOCENTES DO ALTO SERTÃO SERGIPANO"

Dia de São José

O dia 19 de março é comemorado em todo o mundo pela Igreja Católica como o  dia de São José que é um dos santos mais populares dessa igreja, tendo sido proclamado "protetor da Igreja Católica Romana"; por seu ofício, "padroeiro dos trabalhadores" e, pela fidelidade a sua esposa, como "padroeiro das famílias", sendo também padroeiro de muitas igrejas e lugares do mundo.

José é um personagem célebre do Novo Testamento bíblico, marido da mãe de Jesus Cristo. Segundo a tradição cristã, nasceu em Belém da Judeia, no século I a.C., era pertencente à tribo de Judá e descendente do rei Davi de Israel.

Segundo a tradição, José foi designado por Deus para se casar com a jovem Maria, mãe de Jesus, que era uma das consagradas do Templo de Jerusalém, e passou a morar com ela e sua família em Nazaré, uma localidade da Galileia. Segundo a Bíblia, era carpinteiro de profissão, ofício que teria ensinado seu filho.

Ele figura na infância de Jesus conforme a narrativa de Mateus (1-2) e Lucas (1-2) e é descrito com um homem justo. Mateus descreve os pontos de vista de José e Lucas descreve a infância de Jesus com José.

Em nosso Municipio de Monte Alegre de Sergipe a Igreja Católica regida pelo Padre Edimilson faz também comemoração desse  Santo com a 11ª Romaria até a “Cruzinha” distante 5 quilometros dessa  cidade, que aconteceu ontém, dia 18 de março, domingo.

Este ano de 2012 a Romaria contou com aproximadamente 500 romeiros que sairam  da frente da Rodoviária a pé até a Localidade Vaca Serrada, onde fica a “Cruzinhas”, pela Rodovia no sentido  Lagoa Redonda, no Municipio de Porto da Folha, que culminou com a  Celebração da Eucaristia presidida pelo Padre Edmilson com a participação de um grande número de fieis, na homilia com a permissão do Padre alguns fieis deram testemunhos do significado das “Cruzinhas”. A missa terminou com  a partilha do tradicional café camunitário em seguida alguns romeiros voltaram a pé para cidade e povoados da região como sinal de devoção e graditão pelas graças alcançadas.

E o porquê as “Cruzinhas e Santos Incocentes”?

Segundo a tradição do catoliscimo popular do alto sertão sergipano, aconteceu um fato triste no ano de 1907 com duas crianças na Fazenda Lajedo, no Municipio de Porto da Folha.

Vejamos a história:

“Em antiga era do ano de 1907, as crianças João e Alexandrina residiam com seus pais na Fazeda Lajedo, propriedade isolada e sem vizinhança, no Municipio de Porto da Folha, alto Sertão Sergipano.
Por ocasião da quaresma, daquele ano, João e Alexandrina sairam de casa com sua mãe e se dirigiram ao tanque dos Altos Verde para lavar roupas.

Ao chegarem na aguada sua genitora inciou a lavagem e as duas criança foram coletar umbu na redondeza e como se distanciaram, terminaram por se perder.

Ao concluir se serviço a mãe, após insistentes chamados, começou a se desesperar por não obter respostas dos meninos.
Ao retornar à Fazenda Lajedo a mãe se iquietou mais ainda por não ter com que dividir sua angustia pois seu mairdo tinha ido a Ribeirópolis para vender peixe.

No dia seguinte apareceu um senhor e ela contou a ocorrência do desaparecimento dos seus filhos. Antes de se despedir o visitante prometeu providenciar ajuda a seus conhecidos para iniciar uma busca mais rigorossa das crianças desaparecidas.
Ao retornar, o pai soubre da história e logo se somou ao grupo que procurava os meninos.

Após três dias eles foram encontrados. Alexandrina já estava morta e João tinha retirado a camisa e colocado no rosto dela.
Ela estava com uma palma de quipá, com espinhos enfiados nas mãos. João bastante debilitado se escorava numa catingueira.

Os homens que andavam à procura das crianças, ao encontrarem João, já o acharam em fase terminal ao tentarem reabilitá-lo colocando água em sua boca, ele não resistiu e findou falecendo.

Este acontecido impressionou deveras toda a população das redondezas da Fazenda Lajedo. Com o decorrer do tempo no olocval onde falewceram e foram enterrados as crianças João e Alexandrina, foi erguida uma capelinha, também conhecida no Sertão como casa de oração, pelo pai de Neco Pereira(Manoel Pereira de Barros, ex vereador de Monte Alegre de Sergipe). Este local é conhecido e venerado por boa parte da população da redondeza como “Cruzinhas”

Atualmente este local, conhecido como Cruzinhas, é visitado e venerado por boa parte dos habitantes da redondeza; desde então começaram a considerar o recinto como pleno devocional de catolicismo popular.
Ao alcançarem graças por intercessão das crianças, em sinal de reconhecimento, colocaram na casa de oração ex-voto de madeira(cabeça, braço, perna, pé), fitas,  mortalhas e outros artefatos de madeira ou gesso.

Segundo Maria Alves Lima Santos, conhecida como "Dona Aiá, com 85 anos(2012), sobrinha dos inocentes, informou que o pai dos meninos eram Pedro Alves Lima, conhecido como Pedrinho do Lajedo  e a mãe era conhecida como Dona "Nenen". 

O pai de Dona Aiá é Manoel Alves Lima, o terceiro é irmão de João e Alexandrina.

O Senhor Guedes pai de Joãzinho Guedes do Povoado Lagoa Redondo é tio dos das Crianças por parte da mãe.

Os "Cabelê" é tio de João e Alexandrina por parte do pai.

Quando dona Aiá, sobrinha das crianças, tinha 15 a 16 anos pagou uma promessa feita por seu pai, levando um ex-voto(perna de madeira) e lá encontrou muitas outras promessas.

Quando o filho de Elóy Alves Santana, na época policial militar em Poço Redondo e atualmente aposentado como professor em Monte Alegre de Sergipe, adoeceu a ponto de quase morrer; os pais trajaram o enfermo de mortalha e o levaram às Cruzinhas. Naquele local, após suas devoções, deixaram a vestimenta do filho como prova de gratidão, pois sentiram que suas preces foram atendidas e validas.
Quando Elóy e sua esposa Albertina vieram morar na cidade de Monte Alegre em 1974, fizeram campanha para ampliar a capelinha das Cruzinhas. O primeiro Padre a celebrar missa naquele local foi o Vigário de Nossa Senhora da Glória, Leon Gregório.

 Quando o Padre João Nascimento chegou à Paróquia de Monte Alegre de Sergipe, combinou com os devotos das Cruzinhas, para que o dia de São José (19 de março) ficasse como data fixa anual de celebração de missa naquela capelinha.
Houve celebração pelo Padre Clovis e todo período que o Padre Francisco foi pároco desta cidade.

Com a chegada do Padre Edmilson, atual Vigário da Paróquia, Eloy o convidou para dar continuidade na devoção às Curzinhas, realizando uma caminhada da cidade de Monte Alegre até o local onde se acham enterradas as crianças João e Alexandrina.

Neste ano de 2010, no dia 19 de março, após a caminhada iniciada às cinco horas da manhã, foi celebrada missa com participação de cerca de 200 pessoas, que se confraternizaram no encerramento através de um café comunitário.

Constata-se que há bastante tempo tem vindo muita gente, de vários Estados como Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia e Alagoas, pagar promessa.

Frei Roberto Eufrásio de Oliveira, missionário popular do nordeste, por ocasião de missões populares em Monte Alegre de Sergipe, sabendo desta história! Pediu que as pessoas passassem a chamar João e Alexandrina: OS SANTOS INOCENTES DO SERTÃO DE SERGIPE.

No dia 15 de abril de 2010, Albertina, esposa de Elóy, teve um enfarte entupindo três veias, mais uma vez Elóy recorreu aos “Santos Inocentes” e foi valido, comprometendo-se com a seguinte promessa: que soltaria uma dúzia de fogos, que já foi cumprido. Prometeu que também deixaria no local, dia 19 de março de 2011, um retrato de Albertina”.

Há pouca mais de quinze dias Dona Hoga Barros Tavares, residente em Aracaju,  se valeu da intercessão dos santos inocentes, pois tinha mais seis meses que tentava vender o  seu automóvel e não conseguia. Soube do acontecido com as crianças e ouviu falar das "Cruzinhas". Então rogou aos Santos Inocentes que se vendesse o carro visitaria o local ofertando umas flores com dois dias após o pedido alcançou a graça vendendo o automóvel a vista.  
Texto de Eloy Alves Santana”

quinta-feira, 15 de março de 2012

“Toque de Estudo”


Olhe o que está acontecendo no Estado da Bahia. O  Juiz das cidades baianas Olindina, Cristópolis e Itapicuru implanta o “Toque de Estudo”. Esse modelo que o Juiz quer implantar nessas cidades já funciona na Europa, especificamente na Inglaterra pais do primeiro mundo.
Em nosso município, segundo a Secretaria Municipal de Educação já estão matriculado na rede municipal aproximadamente 2.200 alunos. Nas Escolas Estaduais são atendidos aproximadamente 1500 alunos. A nossa população de 0 a 24 anos segundo o IBGE/Censo/2010 é de aproximadamente 7.000 habitantes. Isto quer dizer que estamos com  muita gente fora da sala de aula.
Estamos com quase metade dos  jovens, adolescentes e crianças fora da sala de aula o que poderemos fazer para atraí-los?
Todos sabem que um jovem sem estudo é um prejuízo irreparável para o município.   
Será que o Juiz do nosso município terá que tomar medidas drásticas para mudar esta realidade?
O que poderemos fazer para melhorar este cenário?
Estamos precisando urgentemente de Políticas sérias voltada para a educação.

Veja a noticia na integra a seguir.  
"Juiz manda recolher alunos que faltarem aula em cidades da BA

Matar aula nas escolas das cidades baianas de Olindina, Cristópolis e Itapicuru a partir do próximo dia 9 de abril será caso de polícia. Após uma portaria criada pelo juiz da Infância José Brandão Neto, qualquer aluno que for flagrado fora da escola no momento das aulas será recolhido ao Conselho Tutelar. Já os pais podem ser multados e até presos.
Na determinação, já apelidada de "toque de estudo", o juiz alega que quer acabar com a evasão escolar nas cidades que estão sob sua jurisdição. Para isto, deu poderes à Polícia Militar, acompanhada de conselheiros do Estado e agentes de proteção à infância, para abordar os estudantes e levá-los ao Conselho Tutelar, de onde só sairão depois que os pais forem convocados e se apresentarem.

O magistrado alega que a ideia não partiu do nada e que já havia testado medidas parecidas em outra ocasião, quando foi juiz da comarca de Santo Estevão, no Recôncavo Baiano. Em 2009, ele determinou que os adolescentes em Santo Estevão, Ipecaetá e Antônio Cardoso não poderiam sair às ruas após determinado horário da noite e alunos deveriam ficar na escola obrigatoriamente durante o período de aulas, entre outras medidas.

Nas três cidades, argumenta o juiz, as ocorrências de violência teriam caído bruscamente e, na mesma proporção, a frequência escolar também aumentou. "Só em uma escola, o número de alunos aumentou de 350 para 470. Na época, a prefeitura de Antônio Cardoso teve que alugar três novas salas de aula só por causa da procura dos pais para matricular os filhos". A medida também previa que os pais que não matriculassem os filhos entre 4 e 17 anos na escola poderiam ser presos ou multados.

A expectativa é de que algo parecido ocorra em Olindina, Cristópolis e Itapicuru. Em especial, o magistrado conta com a colaboração dos pais para que eduquem seus filhos a permanecerem na sala de aula. Caso o contrário ocorra e haja reincidência na fuga de alunos, os pais serão multados entre três e 20 salários mínimos. Além disso, o juiz ainda pode informar o governo e solicitar que suspenda a concessão do Bolsa Família para quem usufrui do benefício.

Pais analfabetos

Outra medida que faz parte do Toque de Estudo diz respeito aos pais analfabetos dos alunos fujões. Brandão Neto diz que os pais que forem atestados como incapazes de ler e escrever serão punidos com a prisão. A acusação, segundo ele, será de abandono intelectual, listada no artigo 246 do Código Penal.
Brandão Neto informou também que nas três cidades há aproximadamente 2 mil alunos matriculados, mas que a frequência é drasticamente baixa, o que teria inspirado a portaria. Ao mesmo tempo, os adolescentes infratores, segundo ele, via de regra são analfabetos ou não estudam. Com a medida sendo cumprida, ao mesmo tempo em que a frequência escolar aumentará, o magistrado espera aumentar o nível intelectual dos jovens e diminuir a criminalidade entre os menores da região".

quinta-feira, 8 de março de 2012

ATA DA ASSEMBLEIA EXTRORDINÁRIA DO COMSEAN DESTE MUNICÍPIO DE MONTE LEGRE DE SERGIPE



                                                                                                    
                  PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE DE SERGIPE
SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL
COMSEAN – Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional 
Rua João Oliveira Chagas s/n, Centro, Monte Alegre de Sergipe – SE

ATA DA ASSEMBLEIA EXTRORDINÁRIA DO COMSEAN DESTE MUNICÍPIO DE MONTE LEGRE DE SERGIPE

 Aos oito (08) dias de março de dois  mil e doze(2012) da era Cristã, às nove horas (09h30min), na sede do CONSELHO TUTELAR, na antiga Casa de Parto, na Rua Hospital, s/n, nesta cidade, reuniram-se extraordinariamente, o Presidente ANTONIO GERALDO DOS SANTOS OLIVEIRA a Vice Presidente   ANA PAULA ALVES SANTOS SILVA e os seguinte conselheiros: MARIA GICELMA BARRETO NERES,  MARIA APARECIDA SILVESTRE CORREIA, MARIA BETÂNIA BARRETO e SIVANETE DOS SANTOS BATISTA  Os demais conselheiros não se fizeram presentes e nem mandaram representantes. O Sr. Antônio Geraldo dos Santos Oliveira informa que terá de se afastar em função de sua Candidatura a Prefeito no próximo dia 07 de outubro de 2012, respeitando o prescrito na alínea “a”, inciso IV, do artigo 1º da LC 64/90, de 14 de maio de 1990. Em virtude do afastamento do Presidente, nesta data(08/03/2012) a Vice-Presidente ANA PAULA ALVES SANTOS SILVA, passa a ser Presidente do CONSEAN. Em seguida a atual Presidenta não tendo nada mais a falar dar por encerrada a presente reunião. Nada mais tendo sido considerado eu                    Maria Aparecida Silvestre Correia, na condição de Secretária lavrei a presente ata, em uma lauda, por ser expressão da verdade, assino-a de igual modo e motivo, pela qual, depois de lida e aprovada, assinaram todos os participantes conforme listagem de presenças anexas. Monte Alegre de Sergipe 08 de março de 2012.


ANA PAULA ALVES SANTOS SILVA
Presidenta