quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Lágrima do Sol



Lágrima do Sol
Palmeira dos Indios/AL2003

Lágrima de mulher,
Século de resistência e dor
Ventres grávidos da profecia, infinda
Rigoberta Menchu, mulheres da resistência dos Andes ,
Profetisas de um mundo pacifico.
Teus corpos violados, martirizados
Geraram os povos da resistência guerreira dos 500 anos
INDIOS, NEGROS E MESTIÇOS

Aqui, em meus pais, nordestinas ensinam
Povos e nações que o verbo é dar-se as mãos:
Fome Zero, presidente cidadão!
Ontem eras tu doce Margarida Alves
Profetisa da carteira assinada, zona
Canavieira malvada de terras segregadas
Usineiros malditos, a reforma agrária vem chegando!

Agora é hora dos pobres do meu país
Chega de mentiras no alto escalão
Repetir erros da ditadura e FHC
Isso é traição!
Hoje, és tu, Heloisa Helena, voz da memória bíblica,
Da profetisa Ana, ligação do amor terrenal,
Profetisa de um Congresso antiético
Inocentar a malvadeza?

Eras partido da palavra amiga, benfazeja,
Democrata por natureza
Na base, PT plural na ideologia política,
Mas sem deixar a voz a delinqüentes
Planalto Centra, Horto, FHC
Collor, Sarney estiveram
Sempre com eles presentes,
A história do país recente, não mente!
Lágrimas das Alagoas, quilombolas guerreiras,
Mestiça guerreira
Tu mulher, Heloisa, honras a mulher brasileira
Que luta nos becos cortiços, em terra
Sem empregos, nas favelas malditas,

Infernos verdes Da cana nordestina
Mulheres dos morros da resistência!
Mulher voz da verdade do senado,
Malvasameizado, governo atado.

Nesse Congresso de não poucos delinqüentes
Tú és a honra de nossa gente!
PT, nós vamos para as ruas.
Pois é: “e a esperança venceu o medo de nossa gente?”

É a hora dos pobres desse país gigante
Chega da fome e da miséria,
Queremos uma solução urgente,
Pacto justo contra as elites malditas
Gritos das bases do partido da estrela da esperança
Dos pobres de nossa gente.

“Tem que endurecer! Sem perder a ternura jamais”.
Já dizia o comandante Che.
Sem perder o respeito pelas leis,
Sem perder o respeito ao povo
Sem temer essas elites corruptas que
Optaram pelo saque do pais,
Pelo trafico da nação.
Heloisa não te calas não
Não queremos só reformas,
Queremos solução!
Já dizia Betinho; “A fome e a miséria tem pressa, não espera não”.

Heloisa Helena, teu grito é o que
Resta dessas instituições,
Poderes falidos, Malditos!
Já dizia o profeta bíblico:
“Vou à Praça de Jerusalem (Congresso) para vê se ainda encontro um homem que pratique
O direito que procure a verdade e não encontro”. (JR 5.1)
Mulher não te cala não.
Vamos ver o que vai dá esse conchavão PL, PMDB,... São eles os mesmos
MALDIÇÃO!
De Padre Marcos de Pedro Alexandre – Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, meu nobre visitante!

Sinta-se à vontade para opinar, sugerir, criticar as postagens aqui publicadas. Esse é um espaço para debatermos Cidadania e Conscientização Política. Quero, porém, alertar que, apesar de zelarmos pela liberdade de expressão, não publicaremos comentários ofensivos.

Obrigado pelo seu comentário!