segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A NOVELA CONTINUA!!!


A Política deste Município de Monte Alegre de Sergipe deverá sofrer uma violenta transformação, diante do ocorrido no último dia 28 de novembro de 2012, com a decisão do Acórdão 1229/2012 no item 7 que diz: “...  manter a declaração de inelegibilidade do candidato a prefeito e sua esposa, pelo prazo de 8 anos...”
E para aquecer os ânimos dos apaixonados e das apaixonadas, o Jornalista Gilmar Carvalho publica em seu BLOG a seguinte noticia:  “... O Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE) acatou o parecer do Ministério Público Eleitoral e manteve a condenação de Antônio Fernandes Rodrigues Santos e Elisandra e Almeida Santos, do município de Monte Alegre, e Carlos Hagenbeck e Everton Souza Santos, de Laranjeiras. Os quatro foram condenados a ficarem inelegíveis por oito anos por terem negociado vantagens em troca de votos... (http://www.nenoticias.com.br/74583_trese-acata-parecer-do-mp-eleitoral-e-confirma-inelegibilidade-de-quatro-condenados.html)
Isso significa  que o nosso precioso voto pode ser jogado no lixo por irresponsabilidade dos políticos de nosso município, que sempre usaram de artifícios ilegais; pagando talão de água, talões de energias, consultas médicas, exames médicos, doando camisas, transportes, etc, infringido a Lei Eleitoral 9.504/97
Vale lembrar que o político capaz de utilizar de suborno e compra de votos não será um bom representante do nosso município, pois a corrupção se mostra no período eleitoral e antes mesmo da posse do cargo público, já que busca se promover através de métodos ilegais.
E o pior gastaram tanto para se elegerem que quando são eleitos inicia-se a “faltura”; falta médico, falta escola, falta estrada, falta limpeza na cidade, falta professor, falta ambulância, falta médico, falta atendimento ao homem e a mulher do campo que são os mais prejudicados, etc. a faltura que se abate na administração dos políticos depois de eleitos é colossal...   
E nós onde ficamos em tudo isso? Somos vitimas ou culpados? Qual a nossa participação. Precisamos refletir sobre o que estamos aceitando em nome dos nossos  objetivos pessoais, a quem beneficiarão além de  mim e dos meus???

domingo, 2 de dezembro de 2012

A DÚVIDA NO GERENCIAMENTO DE MONTE ALEGRE DE SERGIPE NO PERÍODO DE 2013/2016 CONTINUA!!!.


Estava eu, sentado à frente do meu notebook lendo o site www.soudemontealegre.com.br para ver as últimas noticias do momento político em nosso município. Observei o que tem engrandecido muito as noticias desse site, apesar de ser tendencioso,  foram as sapiências dos dois ilustres Advogados filhos deste querido município, Cícero e Lucia Thauana, que contribuíram muito com os munícipes nos debates e posicionamentos jurídicos, que nós leigos não iríamos traduzi-los corretamente sem os vossos auxílios.
O que me entristece é que neste município ambos os candidatos utilizaram do mesmo instrumento para concorrer às eleições, conforme é noticiado pela “radio pé de calçada”, “rádio barbearia”, “radio oficina”, “rádio borracharia”, “radio peão”, etc, que eles gastaram aproximadamente quatro milhões na aquisição ilícita de pleito, popularmente conhecida como compra de votos que é uma prática eleitoral dolosa e ilícita.
 Todos nós sabemos que esta é uma prática condenável dentro da política brasileira, portanto eles infringiram  a Lei 9840/99 que tem o objetivo de resguardar a livre vontade do eleitor.
Diante de tudo isso o que se agrava ainda mais é que a grande maioria da população montealegrense inocentemente diz: eu voto contra o candidato “A”, eu voto a favor de candidato “B”, agora não sabe dizer por que é contra ou por que é a favor, e ainda complementa; "NÃO ME INTERESSA O QUE O PREFEITO FULANO FAZ OU DEIXA DE FAZER. A ÚNICA COISA QUE PRECISA SER FEITA EM MONTE ALEGRE É DERROTAR O PREFEITO SICRANO."  isso é  que é preocupante.
Vejam a que nível chega a estupidez do ser humano. As pessoas confessam que não tem o menor interesse de saber o que  o seu governante faz ou deixa de fazer. Elas não têm o menor interesse em saber o que o político que  elegeram faz com o dinheiro público, muito menos o que deixa de fazer para melhorar a vida de todos os montealegrense. A única coisa que interessam é eleger um candidato, ao sabor da conveniência e interesse.
Por estas escolhas que nós fizemos é que o nosso município está envolvido nesse imbróglio. Existe ai uma briga jurídica que vai dar o que falar, só podemos esperar pela decisão da Justiça, porque esses grupos políticos  não são confiáveis, eles pronunciam e ouvem o que lhes agradam, nunca agiram sobre a luz da verdade, sempre nos enganaram.  
O prejuízo para o nosso município vai ser grande com esta indefinição, vamos continuar com um dos piores IDEB do Brasil prejudicando o futuro da juventude tornando difícil ao município criar jovens Ciceros e Thauanes para nos ajudar a pensar e tomar a decisão correta.
O nosso município é grandioso, o que precisa é de pessoas brilhantes no gerenciamento dos parcos recursos públicos, que seja sensível com a educação que liberta, forma o homem para a vida e garante o progresso.
Por fim, aprendi que os erros mais graves não são frutos das respostas erradas, o perigo está em não fazer as perguntas corretas.