quarta-feira, 19 de março de 2014

13ª ROMARIA DAS CRUZINHAS – MONTE ALEGRE DE SERGIPE , 19/03/2014



  “O grande caldeirão das culturas do Sertão que são formadas pelas principais vertentes das culturas europeias, que viriam mesclar-se e sincretizar-se com a imensa diversidade das culturas ameríndias e afro-brasileira: Nossas culturas populares são tapuia-cariri, árabe-andaluza, africana-magrebina, judeu-íbero-mediteraneo...” Rosemberg Cariry - Cinieastra Escritor Cearense(Fonte Jornal O POVO – Fortaleza – CE, 15 de maio de 2011)

O“santificado” é uma categoria tipicamente da religiosidade popular de inspiração católica que se misturou na vida das populações latino-americanas,  ao longo do processo de colonização dos povos contactados   pelo invasor europeu.

Assim é que hoje temos noticias que ocorrem tais manifestações de exaltação mística: na Argentina(Gauchito Gil - Antonio Mamerto Gil Núñez), na Venezuela (Dr. José Gregorio Hernández) e no Brasil em  inúmeras localidades. 

Já na Bolívia, o Comandante e Guerrilheiro Ernesto Che-Guevara, assassinado pela CIA(Central de Informação Americana) em 08 de outubro de 1967, foi aclamado pelos camponeses como seu santo protetor e atualmente é venerado em todo aquele país. No local onde Che foi enterrado foi erguido um santuário em sua memória, onde acontecem Romarias e quem é socorrido deixa lá ex-votos.  

Aqui no Sertão de Sergipe tal fenômeno aconteceu no ano de 1907, envolvendo as crianças João (9 anos)   e Alexandrina (7 anos), que ao saírem para catar umbu ali na redondeza aos poucos foram se afastando de sua mãe, que lavava roupa em um barreiro. Findaram se desgarrando dela, perderam-se no mato e quando foram encontrados, já estavam mortas. 


Em homenagem à memoria destes “SANTOS INOCENTES DO SERTÃO DE SERGIPE”, já pela 13ª vez um grupo de devotos novamente realizou a Romaria das Cruzinhas, hoje na data de 19 de março de 2014.


A romaria das Cruzinhas há alguns anos segue o seguinte ritual:

1º - Alvorada – por volta das três horas e trinta da madrugada, através de um pipocar de foguetes os participantes são convocados para se reunirem em frente ao local de partida (Rodoviária);


2º – Deslocamento – Em um percurso de três quilômetros centenas de devotos animados por um carro de som saíram cantando, rezando, na direção das Cruzinhas;

3º - Missa - Reunidos no local da Romaria, logo em seguida o Vigário de Monte Alegre de Sergipe, Padre Ednaldo, rezou uma missa bastante participada. No final da missa foi lido e distribuído um texto que relata a História dos SANTOS INOCENTES DO SERTÃO DE SERGIPE, (esse texto está disponível no site: http://www.geraldodebeijo.com.br/ )



  - Café Comunitário -  Ao encerrar a Romaria, os participantes são convidados a partilharem os alimentos que trouxeram. Em um ambiente bastante animado os devotos festejam a memória de João e Alexandrina, sinalizando para um convívio saudável nestas paragens do Sertão.


“Essas culturas do Sertão, pela diversidade e complexidade de suas manifestações, são pedras fundamentais nos pilares de sustentação da cultura brasileira” Rosemberg Cariry - Cinieastra Escritor Cearense(Fonte Jornal O POVO – Fortaleza – CE, 15 de maio de 2011)






































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, meu nobre visitante!

Sinta-se à vontade para opinar, sugerir, criticar as postagens aqui publicadas. Esse é um espaço para debatermos Cidadania e Conscientização Política. Quero, porém, alertar que, apesar de zelarmos pela liberdade de expressão, não publicaremos comentários ofensivos.

Obrigado pelo seu comentário!